Como Clonar Celular e WhatsApp à distância – 2019

Se você deseja clonar o celular WhatsApp à distância de alguma pessoa, iremos mostrar um passo a passo de como você pode fazer isso sem precisar de muito esforço, é bem simples.

Existem vários aplicativos que tem essa função, já postamos aqui no site sobre alguns, porém existe uma maneira que você não precisa baixar nenhum aplicativo, o que torna bem mais fácil clonar o WhatsApp à distância.

Confira como clonar o WhatsApp à distância:

Como Clonar Celular e WhatsApp à distância - 2018

  • Abra no seu navegador do celular ou no computador a página: https://web.whatsapp.com
  • Depois pegue o celular da vítima, vai no WhatsApp, clique nos três pontinho e depois em WhatsApp Web
  • Na página que você abriu, marque a opção de manter sempre conectado, e nessa página irá aparecer um código
  • Pegue o celular da vítima e faça a leitura desse código, e pronto, você vai estar conectado no WhatsApp dela, tendo acesso a tudo.

Você marcando a opção falada a cima de manter sempre conectado, mesmo à distância você conseguirá visualizar o WhatsApp da vítima, desde que ela esteja conectada a uma internet.

Vale a pena ressaltar que, se a pessoa clonada entrar na opção WhatsApp Web no celular dela, ela consegue visualizar todos os dispositivos que estão conectados ao WhatsApp dela, vendo assim o seu nome do computador ou celular conectado.

Veja: Como Descobrir Senhas Wi-Fi salvas no celular

Como Clonar Celular e WhatsApp à distância - 2018

Se você precisa ver alguma conversa escondida no WhatsApp de alguém, esse passo a passo que mostramos a cima é ideal para você seguir e clonar o WhatsApp à distância para ver todas as conversas da pessoa.

Existe vários aplicativos que tem essa mesma função de clonar o WhatsApp à distância, porém esse que ensinamos é o mais fácil e é bem mais rápido também, pois não tem a necessidade de baixar nenhum aplicativo por fora, é só você entrar no site que colocamos.

4 Comments

  1. mariana 16 de junho de 2018
  2. Maria 20 de agosto de 2018
  3. Ramiro Junior de Brito 30 de agosto de 2018
  4. Adriana 26 de fevereiro de 2019

Leave a Reply